terça-feira, 29 de maio de 2012

Migração do AM para FM será tema de debate em congresso da Abert


Um dos temas que estão sendo mais discutidos na chamada “digitalização do rádio” é a migração das emissoras AMs para o espectro das FMs. Há um projeto para que os canais 5 e 6 da televisão sejam destinados para a extensão das FMs para que abriguem as emissoras AMs, após a digitalização das emissoras de TV. O assunto ainda é polêmico é causa discussões entre radiodifusores. 

Para sanar algumas dúvidas que ainda existem, o 26º Congresso Brasileiro de Radiodifusão, que será realizado pela Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), terá, no dia 21 de junho, um Seminário Técnico intitulado: A extensão da faixa de FM (eFM) e a Migração da Faixa de OM. A ABERT e as entidades estaduais de radiodifusão defendem que a migração das emissoras de Ondas Médias para os canais 5 e 6 de televisão - que serão liberados com o término da digitalização da TV, previsto para 2016 - é o caminho mais adequado para o rádio AM.

O engenheiro da Anatel, Thiago Aguiar Soares, vai mostrar um estudo da entidade que comprova a viabilidade técnica dessa ideia que significa uma perspectiva nova para milhares de emissoras de rádio AM no país. Soares é especialista em Regulação de Serviços Públicos de Telecomunicações da Anatel. Formado em Engenharia Elétrica pela Universidade de Brasília (UnB) e pós-graduado em Regulação de Telecomunicações pelo Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel).

Ele atua na administração de planos de serviços de radiodifusão na Superintendência de Serviços de Comunicação de Massa da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e coordena atividades de normatização internacional no âmbito das comissões brasileiras de comunicações da agência.

Os interessados que quiserem participar do Congresso devem se inscrever pelo site www.congressoabert.com.br/inscricao 

Fonte: Tudo Radio

Schin se posiciona sobre filme polêmico com travesti


Foto: Reprodução
A Schincariol evitou confronto com a ABGLT - Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Travestis. Um dia após receber queixas sobre um comercial considerado discriminatório pela Associação, a marca diz não ter havido intenção de "ofender" ou "discriminar" no comercial da Nova Schin.

"A Schincariol conduz seus negócios com retidão, ética, integridade e respeito pela dignidade de cada indivíduo e, portanto, não tolera qualquer discriminação. Sendo assim, a Schincariol esclarece que não houve intenção de ofender ou discriminar qualquer pessoa em seu filme publicitário “Maria Bonita”. Além disso, a Schincariol informa que, até o momento, não recebeu nenhuma notificação do CONAR acerca do anúncio em comento", informa nota enviada ao Adnews.

No filme, amigos se encantam por uma mulher durante uma festa de São João. Mas quando um deles se aproxima e percebe que se trata de um travesti, vira piada entre os demais.

Um ofício foi enviado ao Conar pela ABGLT. Até o momento, a marca não confirma se o comercial foi retirado do ar.

Assista ao filme e opine:



Fonte: Adnews.

"Máscaras" bate novo recorde negativo; "Vidas Opostas" em baixa


Divulgação/TV Record

A divulgação dos números consolidados das audiências referentes a esta segunda-feira (28) tornaram ainda mais graves o desempenho da Record no Ibope.

Além de "Rebelde" e do "Jornal da Record", que fecharam em baixa, e da repercussão negativa no Twitter, "Máscaras" e "Vidas Opostas" tomaram o mesmo rumo.

"Máscaras", em seu novo horário, teve o pior desempenho desde a estreia, em abril deste ano. A novela de Lauro César Muniz amargou 4 pontos de média e teve o pior número desde o lançamento da faixa de novelas das 22h. A Band, nesta mesma faixa, registrou 6 pontos e empatou com o SBT.

Já a reprise de "Vidas Opostas" também não foi bem mesmo com mais tempo de duração. A novela, que foi excepcionalmente ao ar com 1h20 de duração, registrou apenas 3,8 pontos de média. Ainda nesta faixa, o folhetim de Marcílio Moraes empatou com a Band e foi derrotado pela Globo e SBT, com 36 e 8 pontos respectivamente.

Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo.

Fonte: Na Telinha

Facebook pode pagar até US$ 1 bilhão por companhia Opera


As ações da Opera Software dispararam em mais de 20% na terça-feira, com os rumores de que o Facebook está negociando para adquirir a empresa. Analistas dizem que a concorrência do Google e outros interessados pode elevar o preço de uma transação a mais de um US$ 1 bilhão.

A tecnologia da Opera, acompanhada por sua base de 170 milhões de usuários do navegador Opera Mini, propicia à empresa um forte relacionamento com fabricantes de celulares e operadoras de telefonia móvel.
O Facebook vem enfrentando dificuldade para gerar receita com o crescente tráfego que recebe de aparelhos móveis, e adquirir a Opera poderia ser uma solução mais rápida do que criar plataforma própria ou desenvolver um navegador, acrescentaram os analistas.

"Adquirir a Opera seria sensato para o Facebook de muitas maneiras. Isso ampliaria a limitada experiência da empresa no campo dos aparelhos móveis, ajudaria com seu problema de monetização, permitiria que retivesse os criadores de jogos que vêm deixando a rede social devido à falta de uma plataforma para software móvel e aumentaria a capacidade do Facebook para direcionar publicidade", avaliou a Arctic Securities.

A empresa complementaria o Facebook de forma tão perfeita que os analistas consideram que isso o forçaria a pagar um considerável ágio. O DNB, maior banco norueguês, estima que o valor de aquisição teria de ser duas vezes mais alto que o fechamento de 68,6 coroas das ações da Opera na sexta-feira, o que avalia a companhia em US$ 1,35 bilhão, enquanto o Danske Bank prevê preço de entre 50 e 60 coroas por ação, ou entre um bilhão e US$ 1,2 bilhão.

Às 7h21min, horário de Brasília, as ações da Opera estavam sendo negociadas a 40,1 coroas, com alta de 16,9%, o que implica em valor de mercado de US$ 800 milhões para a companhia. Os executivos da Opera se recusaram a comentar.

Fonte: Terra

Nativa e Tupi travam disputa acirrada pela liderança em São Paulo


Nas últimas semanas a redação do Tudo Rádio divulgou vários panoramas e filtros que são encarados pelo mercado como “termômetros” de como anda a audiência das emissoras de rádio. Essas diferenças entre as amostras gerais da pesquisa gerada pelo Instituto Ibope também apontam uma condição de acirramento da disputa pela liderança em São Paulo, com mudança de posições conforme os principais filtros da medição. Tupi FM 104.1 e Nativa FM 95.3 travam uma disputa apertada que é definida em detalhes. 

Na medição divulgada mensalmente em forma de panorama pelo Tudo Rádio o Instituto Ibope aponta a Tupi FM como a rádio mais ouvida de São Paulo (05h-00h, todos os dias e locais. Porém essa liderança não ocorre em todos os filtros da medição, prova do acirramento dessa disputa entre as duas rádios citadas no parágrafo anterior. Na popularmente chamada “medição comercial” (segunda a sexta, 06h-19h) a vantagem é da Nativa FM, rádio que tem apresentado evoluções constantes em seus números e já é apresentada como líder em alguns filtros da medição, enquanto em outros a ponta é da Tupi FM.

Esse fato pode gerar duvidas por parte do mercado na forma que os resultados são divulgados. Recentemente o resultado de audiência dado por alguns veículos especializados apontaram a Nativa FM como líder com base no filtro comercial do Instituto Ibope. Mais mudanças: no “alcance máximo” (destacado recentemente pela redação do Tudo Rádio” e que tem a Mix FM 106.3 como líder nesse quesito) a Nativa FM aparece à frente da Tupi. No 05h-00h, porém de segunda a sexta, a vantagem também é da Nativa. Já nos finais de semana a Tupi é líder e a Nativa aparece em terceiro geral, atrás da Transcontinental FM 104.7.

São detalhes revelados pelos principais filtros de medição que tornam a disputa ainda mais acirrada conforme os números são apresentados pelo mercado. Esses índices também revelam uma distância pequena entre a Nativa e a Tupi na maioria dos filtros, sendo resultado de uma série de investimentos realizados pelas duas emissoras que almejam o topo de audiência do ranking de São Paulo. Essa situação de disputa vivida no mercado da capital paulista não é nova e tem sido uma constante na rotina de projetos dessas duas emissoras.

O próximo panorama geral da audiência FM de São Paulo tem a previsão de ser divulgado ao mercado por volta do dia 8 de junho, ou seja, faltam duas semanas para o FM paulistano obter um novo panorama da audiência radiofônica local.

Fonte: Tudo radio


quarta-feira, 23 de maio de 2012

Bradesco Esportes FM estréia no Rio a partir de junho



A futura Bradesco Esportes FM 91.1 do Rio de Janeiro, segundo braço da recém-criada rede esportiva controlada pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação, tem previsão de estréia na capital fluminense para o mês de junho, informação vinda da assessoria do grupo paulista. A rede que possui o apoio comercial máster do Banco Bradesco e participação das operações das rádios por parte do mineiro Grupo Bel estreou na última quinta-feira (17 de maio) em São Paulo. Apesar de definido o mês a data de inauguração no Rio segue sem definição. 

A estreia no Rio de Janeiro é rodeada por várias expectativas por parte do mercado de rádio carioca. Essa situação é causada pela frequência 91.1 FM ser uma concessão originada em Petrópolis (região serrana do estado do Rio de Janeiro), fato que gera dúvidas quanto a qualidade da cobertura de sinal na capital fluminense (algo que é pensado pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação, rede que realiza ajustes na 91.1 FM). Outro fato que chama a atenção é o investimento na equipe de jornalismo local, com destaque para a contratação de José Carlos Araújo, que por muitos anos foi narrador da Rádio Globo AM 1220 FM 89.5.

A presença da Bradesco Esportes FM também fortalece a presença do Grupo Bandeirantes no Rio de Janeiro, empresa que nos últimos anos passou a contar com a BandNews FM 94.9 (rádio que possui um desempenho de audiência considerável no mercado carioca) e possui participação na MPB FM 90.3, emissora que foca o público adulto local e está completando 12 anos de operações (conforme noticiado ontem pelo Tudo Rádio.com). Serão três rádios em FM, sendo duas voltadas ao jornalismo (com a Bradesco Esportes FM totalmente voltada ao jornalismo esportivo). O grupo ainda mantém a Rádio Bandeirantes AM 1360.

Narrador confirmado no Rio Grande do Sul e rede em expectativa

Além da estréia no Rio, a rede esportiva também deverá realizar os inícios dos trabalhos nos mercados de Belo Horizonte, Porto Alegre e Recife, esses denominados de “Esportes FM” (por enquanto sem a presença do Banco Bradesco na marca). Segundo informações de jornais locais a futura Esportes FM 90.3 de Porto Alegre contratou o narrador José Aldo Pinheiro, que durante mais de 15 anos esteve na Rádio Gaúcha AM 600 FM 93.7. O locutor esportivo iniciou seus trabalhos pelo Grupo Bandeirantes no Rio Grande do Sul através da jornada esportiva da Rádio Bandeirantes AM 640, também de Porto Alegre.

Por enquanto as emissoras da rede no Rio, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Pernambuco seguem com uma grade musical, operando em caráter de expectativa, diferente de São Paulo que já conta com projeto em execução via Bradesco Esportes FM 94.1 desde as 20h05 do último dia 17 de maio.

Alcance máximo: Mix FM segue líder geral nesse quesito, seguida pela Nativa em São Paulo


Mais uma curiosidade para o mercado de rádio, principalmente aos ouvintes que geralmente não possuem acesso à esses dados ou sequer sabem da existência deles. O Instituto Ibope providencia ao mercado de rádio uma série de filtros completos com vários cenários da pesquisa de audiência, sendo um termômetro de todos os projetos radiofônicos executados nos principais mercados. Em São Paulo e também nas demais praças que possuem a pesquisa existem o filtro “Alcance”, onde se determina o impacto de uma estação no mercado onde atua, com base em determinados períodos de tempo. Acompanhe o panorama:

 A pesquisa aponta o número total de ouvintes atingidos por uma determinada estação, sendo apresentado dentro dos períodos de 1, 2, 7, 15 e 30 dias, além do chamado “Alcance máximo”. Essa medição também pode ser considerada como o “resultado geral da audiência”, já que determina o total de ouvintes atingidos por uma emissora, além de aliar detalhes importantes na operação de uma estação: projeto artístico e condições técnicas de sinal. Porém esse filtro não é divulgado nos mercados brasileiros como resultado das “rádios mais ouvidas”, apesar de apontar um número total de ouvintes atingidos pelas emissoras e não a média.

Em São Paulo o maior alcance máximo é o da Mix FM 106.3, rádio que lidera nesse quesito. Sua estrutura técnica de sinal e o bom desempenho do projeto artístico têm dado à Mix FM o melhor desempenho no filtro “Alcance Máximo” com mais de 2,6 milhões de ouvintes atingidos na capital paulista e região metropolitana. Essa condição é mantida pela emissora jovem nos últimos anos em São Paulo e o investimento técnico realizado pela rádio em 2006 também tem participação direta nesses números. Logo após a Mix FM a vice-liderança nessa medição é da Nativa FM 95.3, rádio que também tem se destacado em outros filtros da medição, além de ter um alcance máximo superior a 2,5 milhões. Bem próxima da Nativa aparece a Tupi FM 104.1, também acima dos 2,5 milhões.

O mercado de São Paulo também possuem outras rádios acima ou próximas da marca dos 2 milhões de ouvintes atingidos nos filtros “Alcance Máximo” e “Alcance 30 dias”, são elas: Gazeta FM 88.1 (4º), Band FM 96.1 (5º), Transcontinental FM 104.7 (6º) e Jovem Pan 2 FM 100.9 (7º). Esse resultado é influenciado diretamente pelo desempenho artístico dos projetos, alcance de sinal no mercado onde atua (porte técnico) e também o tempo médio. Esse último quesito coloca das rádios populares no topo da tabela chamada pelo mercado de “geral” (filtro com a média de ouvintes por minuto), jogando as rádios Nativa, Tupi, Transcontinental e Band FM para o topo da tabela.

Com base nessa medição o mercado de rádio pode ter uma noção maior do universo presente no meio, onde a rádio líder de alcance na capital paulista (com apenas 1 estação) consegue impactar em 2,6 milhões de ouvintes. O total rádio FM chega a 14,7 milhões de pessoas no “Alcance Máximo” em São Paulo e arredores, sendo números expressivos para qualquer forma de comercialização do meio perante outras mídias.

Também é importante salientar que esse é um dos filtros da pesquisa de audiência realizada mensalmente pelo Instituto Ibope e o entendimento/interpretação dos principais filtros, além da leitura do chamado “hora a hora” de cada rádio é importante para qualquer rádio que visa competir no mercado, seja dentro de seu segmento de atuação ou no chamado “ranking geral”.

Fonte: Tudo Radio

MPF deverá entrar com representação contra repórter do Brasil Urgente; Band terá que ceder gravação


Após uma série de críticas de jornalistas e internautas quese indignaram com a exibição de uma reportagem do Brasil Urgente-Bahia (Band-BA), em que a repórter Mirella Cunha satiriza um preso suspeito de estupro, o Ministério Público Federal (MPF-BA) decidiu agir. A coordenação do Núcleo Criminal do MPF-BA fez uma representação à Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC), do próprio órgão, para que interceda, após o procurador Vladimir Aras, coordenador do núcleo, encontrar “indícios de abuso de autoridade, de ofensa a direitos da personalidade, bem como de descumprimento da Súmula Vinculante (SV) 11 do Supremo Tribunal Federal (STF), que limita uso de algemas a casos excepcionais”. Aras também solicitou à Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) que informe se há algum regulamento infralegal quanto à proibição de exposição de presos a programas como o Brasil Urgente. Ele também pede uma cópia do auto de prisão em flagrante do homem entrevistado. A representação ainda foi encaminhada à Defensoria Pública da União e à produção do programa na Band (que já emitiu um comunicandoem que condena a atitude da repórter), para que preserve a fita bruta (sem edição) e a encaminhe ao MPF em cinco dias.

Band diz que atitude de jornalista ‘fere o código de ética’ da emissora e que tomará ‘medidas disciplinares’


Em resposta à enxurrada de protestos de jornalistas e internautas após a circulação do vídeo de uma reportagem exibida pelo programa Brasil Urgente-Bahia, em que a repórter Mirella Cunha ridiculariza um rapaz preso suspeito de estupro, a Rede Bandeirantes emitiu uma breve nota. "A Band vai tomar todas as medidas disciplinares necessárias. A postura da repórter fere o código de ética do jornalismo da emissora".

Fonte: Bahia Noticias

Jornalistas repudiam atitude da repórter Mirella Cunha em carta aberta



Um grupo de jornalistas divulgou uma carta se posicionando contra o jornalismo policial sensacionalista na Bahia. A iniciativa se deu após repercussão nacional da entrevista sobre um acusado de estupro, feita pela repórter Mirella Cunha, da Band Bahia (veja vídeo acima), há duas semanas. O caso indignou tanto profissionais do meio quanto telespectadores e internautas, que começaram a protestar a partir desta terça-feira (22) nas redes sociais. Acusado de roubo e estupro, o rapaz, só identificado como Paulo Sérgio pela matéria, assume que houve assalto, mas garante, chegando até a chorar, que nunca violentou mulher alguma em sua vida. Apática às lágrimas de Paulo, a repórter insiste em dizer que, se não houve estupro, houve vontade. “Você não estuprou, mas queria estuprar”, afirmou Mirella, que por diversas vezes debochou do entrevistado e mostrou-se contrária à versão relatada pelo acusado.

A jornalista sofreu uma série de retaliações de pessoas indignadas com sua abordagem nas redes sociais. Dentre outras designações, Mirella foi chamada de “otária, “racista”, “antiética”, “proto-loira”, “ridícula”, “nojenta”, “sensacionalista” e “tosca”. “Essa Mirella Cunha é uma vergonha para o Jornalismo Baiano“, chegou a postar um usuário do Twitter. No microblog, a hashtag “#SensacionalismoForaDoAr” tem começado a ganhar força. Às 11h desta quarta-feira (23), um grupo promete realizar um "tuitaço" para levar o assunto ao Trending Topics.

Confira na íntegra a carta pública de um grupo de jornalistas e leitores destinada ao governador Jaques Wagner, a órgãos competentes e à toda sociedade baiana.

"Carta aberta de jornalistas sobre abusos de programas policialescos na Bahia

'O demo a viver se exponha,
Por mais que a fama a exalta,
Numa cidade onde falta
Verdade, honra, vergonha.'
(Gregório de Mattos e Guerra)

Ao governador do Estado da Bahia, Jaques Wagner.
À Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia.
Ao Ministério Público do Estado da Bahia.
À Defensoria Pública do Estado da Bahia.
À Sociedade Baiana.

A reportagem "Chororô na delegacia: acusado de estupro alega inocência", produzida pelo programa "Brasil Urgente Bahia" e reprisada nacionalmente na emissora Band, provoca a indignação dos jornalistas abaixo-assinados e motiva questionamentos sobre a conivência do Estado com repórteres antiéticos, que têm livre acesso a delegacias para violentar os direitos individuais dos presos, quando não transmitem (com truculência e sensacionalismo) as ações policiais em bairros populares da região metropolitana de Salvador.

A reportagem de Mirella Cunha, no interior da 12ª Delegacia de Itapoã, e os comentários do apresentador Uziel Bueno, no estúdio da Band, afrontam o artigo 5º da Constituição Federal: "É assegurado aos presos o respeito à integridade física e moral". E não faz mal reafirmar que a República Federativa do Brasil tem entre seus fundamentos "a dignidade da pessoa humana". Apesar do clima de barbárie num conjunto apodrecido de programas policialescos, na Bahia e no Brasil, os direitos constitucionais são aplicáveis, inclusive aos suspeitos de crimes tipificados pelo Código Penal.

Sob a custódia do Estado, acusados de crimes são jogados à sanha de jornalistas ou pseudojornalistas de microfone à mão, em escandalosa parceria com agentes policiais, que permitem interrogatórios ilegais e autoritários, como o de que foi vítima o acusado de estupro Paulo Sérgio, escarnecido por não saber o que é um exame de próstata, o que deveria envergonhar mais profundamente o Estado e a própria mídia, as peças essenciais para a educação do povo brasileiro.

Deve-se lembrar também que pelo artigo 6º do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros, "é dever do jornalista: opor-se ao arbítrio, ao autoritarismo e à opressão, bem como defender os princípios expressos na Declaração Universal dos Direitos Humanos". O direito à liberdade de expressão não se sobrepõe ao direito que qualquer cidadão tem de não ser execrado na TV, ainda que seja suspeito de ter cometido um crime.

O jornalista não pode submeter o entrevistado à humilhação pública, sob a justificativa de que o público aprecia esse tipo de espetáculo ou de que o crime supostamente cometido pelo preso o faça merecedor de enxovalhos. O preso tem direito também de querer falar com jornalistas, se esta for sua vontade. Cabe apenas ao jornalista inquirir. Não cabem pré-julgamentos, chacotas e ostentação lamentável de um suposto saber superior, nem acusações feitas aos gritos.

É importante ressaltar que a responsabilidade dos abusos não é apenas dos repórteres, mas também dos produtores do programa, da direção da emissora e de seus anunciantes - e nesta última categoria se encontra o governo do Estado que, desta maneira, se torna patrocinador das arbitrariedades praticadas nestes programas. O  governo do Estado precisa se manifestar para pôr fim às arbitrariedades; e punir seus agentes que não respeitam a integridade dos presos.

Pedimos ainda uma ação do Ministério Público da Bahia, que fez diversos Termos de Ajustamento de Conduta para diminuir as arbitrariedades dos programas popularescos, mas, hoje, silencia sobre os constantes abusos cometidos contra presos e moradores das periferias da capital baiana.

Há uma evidente vinculação entre esses programas e o campo político, com muitos dos apresentadores buscando, posteriormente, uma carreira pública, sendo portanto uma ferramenta de exploração popular com claros fins político-eleitorais. 

Cabe, por fim, à Defensoria Pública, acompanhar de perto o caso de Paulo Sérgio, previamente julgado por parcela da mídia como 'estuprador', e certificar-se da sua integridade física. A integridade moral já está arranhada.

Salvador, 22 de maio de 2012."

* Atualizando: Mais de 500 jornalistas já assinaram a carta pública

Fonte: Bahia Noticias

Variação de volume é tema de consulta pública sdo Ministério das Comunicações


O Ministério das Comunicações coloca em consulta pública, a partir desta terça-feira, 22, uma proposta de norma sobre a variação de volume entre a programação de rádio e TV e os intervalos comerciais. O controle dessa variação já havia sido previsto em lei em 2001, mas o tema ainda não havia sido regulamentado. O objetivo, com a nova norma, é justamente estabelecer os detalhes de como a medição e a fiscalização vão ocorrer, assegurando que não haja variações bruscas e injustificadas de volume para o ouvinte e o telespectador. 

Pela proposta do ministério, o áudio da programação e dos intervalos deve ser padronizado de forma que a diferença entre eles não ultrapasse 1 decibel. A norma baseia-se no conceito de loudness, que é a percepção subjetiva da intensidade do som.

A proposta do MiniCom prevê a coleta de seis amostras de programação das emissoras num intervalo mínimo de 24 horas para verificar se há mudanças bruscas de volume. Também está prevista a criação de um grupo técnico composto por engenheiros para determinar como se dará a coleta e a medição das amostras.

A fiscalização das variações ficará a cargo da Anatel e, em princípio, só vai contemplar a radiodifusão aberta. Se a agência constatar uma infração, a emissora terá um período de 30 dias para padronizar seus níveis de áudio. Quem descumprir o prazo terá a emissão dos sinais suspensa por até 30 dias.

De acordo com o coordenador-geral de Avaliação de Outorgas da Secretaria de Serviços de Comunicação Eletrônica do MiniCom, Almir Pollig, a dificuldade em regulamentar o tema deve-se principalmente à falta de critérios técnicos e de instrumentos de medição adequados. “A questão do loudness é muito subjetiva, porque as pessoas reagem de modo diferente às variações de áudio. É preciso ter instrumentos objetivos de medição, e esses instrumentos ainda estão passando por um período de padronizações, de acordo com as normas da União Internacional de Telecomunicações. Antes, nem isso havia. Quando a lei foi feita, em 2001, não havia a menor possibilidade técnica de ela ser regulamentada”, explica.

Segundo Pollig, todos os países do mundo têm encontrado dificuldades em regulamentar o loudness. Apenas os Estados Unidos possuem uma norma, elaborada em 2011, e que ainda está em período de testes por conta das frequentes mudanças na padronização internacional. O mesmo princípio valerá para o Brasil, já que o texto em consulta estabelece que aos critérios técnicos da norma devem ser revistos dois anos depois da publicação.

A consulta pública ficará aberta a contribuições até 29 de maio. O MiniCom vai publicar a portaria com as novas regras até o dia 17 de julho e as emissoras terão um ano para se adaptar.

Com informações Tudo Radio

Batido o martelo: Crô ganhará especial em 2013 na Globo


De acordo com o jornal Extra, a Globo bateu o martelo na semana passada sobre o especial com o personagem Crodoaldo Valério, sucesso de Marcelo Serrado em "Fina Estampa".

Foto: Divulgação/TV Globo
De autoria de Aguinaldo Silva, o especial será exibido em 2013. Há alguns dias, Serrado se encontrou com diretores da emissora para conversar sobre a atração. Na história, como não consegue viver sem ter alguém mandando nele, Crô vai testar várias patroas.

 Em recente entrevista durante a 14ª edição do "Prêmio Contigo! de TV", Marcelo Serrado disse que acha bacana a produção do programa, desde que seja pontual: “Se for algo pontual, acho bacana. O Crô foi um papel muito importante na minha vida, mas não quero ficar marcado por um personagem”.

 Atualmente, ele grava como um machão na novela "Gabriela", e se prepara para filmar o longa "O Adorador".

Fonte: Na Telinha

terça-feira, 22 de maio de 2012

José Luiz Datena deixa Rádio Bandeirantes para continuar na TV


Após uma polêmica saída do Grupo Bandeirantes de Comunicação para ir para a Rede Record de Televisão e a volta ao Grupo Bandeirantes, em agosto do ano passado, o apresentador José Luiz Datena anunciou que vai deixar a Rádio Bandeirantes AM 840 e FM 90.9 de São Paulo mais uma vez. O apresentador já vinha comentando durante seu programa, o Manhã Bandeirantes, a sua intenção de deixar o programa da rádio.

Em fevereiro deste ano, Datena chegou a abandonar o programa durante a apresentação e, dias depois, alegou que havia sofrido um ataque nervoso. A informação de que Datena vai deixar a rádio Bandeirantes foi dada em entrevista ao portal UOL. O apresentador vai deixar o programa que exibido nas manhãs da emissora e que, com a saída de Datena, deve ser assumido novamente por Agostinho Teixeira.

Segundo o site, o jornalista ficará à frente do programa matinal até o final desta semana. A partir da semana que vem, vai se dedicar à Band, canal em que comanda o 'Brasil Urgente' e o 'Quem Fica em Pé?'. Datena, no entanto, também já afirmou que tem o desejo de deixar o programa policial para se dedicar à atração de entretenimento.

Na Rádio Bandeirantes desde 2010, Datena vinha comentando que poderia deixar a emissora. De acordo com o jornalista, o abandono é devido ao excesso das gravações e a quantidade de trabalho. Informações também dão conta de que o apresentador estava sofrendo uma pressão devido a comentários que vinha fazendo no programa, por um suposto envolvimento de um diretor da Prefeitura de São Paulo com irregularidades na compra de terrenos.

Com informações Tudo Radio

SC: "RBS Notícias" ganha nova âncora com saída de jornalista para o SBT


O "RBS Notícias", jornal exibido pela RBS TV no horário nobre, ganha a partir desta terça-feira (22) uma nova âncora em substituição ao posto deixado por Ildiane Silva, que se transferiu para o SBT SC há alguns dias.

A profissional escolhida pela RBS TV foi Fabiana Nascimento. Fabiana é funcionária da emissora há 12 anos e fazia parte da equipe do "Bom Dia Santa Catarina" há cinco.

Apesar de Fabiana Nascimento ter sido apresentada como nova âncora do "RBS Notícias" nesta segunda (21), o telespectador não deverá estranhar a chegada da jornalista à bancada. Fabiana costumava cobrir as folgas de Ildiane aos sábados no comando do informativo local.

Com informações do site Acontecendo Aqui.

105 FM contrata narrador da Rádio Capital


A dança das cadeiras do rádio esportivo continua desde que a criação da Rede Bradesco Esportes FM. O início foi no Rio de Janeiro, desde que Bradesco Esportes FM 91.1 contratou o experiente narrador José Carlos Araujo junto a rádio Globo AM 1220 do Rio de Janeiro, que, por sua vez, contratou o narrador Luiz Penido, que era da Super Rádio Tupi AM 1280. Em São Paulo não foi diferente e a emissora, que é um projeto do Grupo Bandeirantes com o Grupo Bel e o Banco Bradesco, contratou o narrador Hugo Botelho, que deixou a 105 FM 105.1 de Jundiaí.

Para suprir a vaga deixada por Botelho, a 105 FM foi à campo e contratou o narrador Ricardo Melo, que fez sua última participação pela rádio Capital AM 1040 de São Paulo. Melo já teve passagem pela emissora popular de Jundiaí e retorna para comandar as transmissões esportivas da rádio, que vem obtendo resultados de audiência expressivos.

Ricardo Melo, conhecido como Furacão, começou a carreira na Rádio ABC AM 1570 de Santo André, depois passou pela Globo AM 1100, Capital AM, 105 FM, retornou para a Capital AM e agora volta para a 105 FM. Segundo o blog Cheni no Campo, Leandro Bollis assume o posto de narrador principal da 105 FM, além de  Ricardo Melo. A rádio ainda conta com os narradores Marcelo Do Ó e Reinaldo Moreira.

Ricardo Melo se despediu da rádio Capital neste domingo após a vitória do Fluminense em cima do Corinthians no Pacaembu. A dança das cadeiras deve continuar, já que a emissora paulistana anunciou que vai atrás de outro narrador para substituir Melo.

Com informações do Tudo Rádio

Facebook deve mudar o layout mais uma vez


Mais mudanças devem acontecer no Facebook - pelo menos estão em testes. A rede social pode alterar o layout do topo da Timeline - que ainda nem foi adotada por todos os usuários. As alterações compreendem a exibição das informações básicas do usuário, como nome, escolaridade, endereço, profissão e relacionamento. Tudo isso passa a dividir espaço com a foto de capa

Amigos, fotos, mapa, opções de curtir etc. também mudam. Ao invés de pequenas imagens, eles passam a ser representados por ícones simples.Além disso, há um novo espaço, chamado "Summary" (ainda sem tradução), que levará aos principais eventos da vida do usuário.

O Facebook confirmou tudo isso ao site Talking Points Memo, mas não quis dizer quantas pessoas estão envolvidas no período de testes e nem quando (e se) a novidade entrará no ar.

Com informações do Adnews

Rádio Capital anuncia mudança de sua sede em São Paulo


Uma informação importante que foi confirmada pela assessoria de imprensa da Rádio Capital AM 1040 de São Paulo: a emissora que atualmente ocupa a vice-liderança geral de audiência no mercado de rádio AM (dados do Instituto Ibope) vai mudar de sede física, tendo seu endereço alterado. Nos últimos anos a AM operou a partir do Paraíso, próximo a estação de metro que leva esse mesmo nome e ao início da Avenida Paulista (e também à 23 de Maio). Segundo a direção da emissora a localização do novo imóvel que abrigará a AM ainda não foi definida. 

Segundo a assessoria da Capital, a emissora iniciou estudos para se transferir para sua terceira sede em 35 anos de existência, a serem completados em janeiro. Depois de ter permanecido por mais de 20 anos em instalações na Avenida 9 de Julho, no Jardim América, a emissora, lançada em 1978, funciona num edifício de cinco andares no bairro do Paraíso, onde chegou há quase 10 anos. Definida pela rádio como o “início de uma nova etapa de crescimento”, a direção decidiu investir em novo imóvel a ser escolhido e preparado nos próximos meses para, segundo a assessoria, favorecer essa expansão da emissora.

A assessoria da emissora também informa que não existe pressa para a escolha do novo local, com um planejamento executado por um grupo de trabalho de arquitetos e de todos os setores da emissora: financeiro, administrativo, técnico, artístico, jornalístico e comercial. Ainda segundo a Rádio Capital, uma vez providenciado todos os detalhes logísticos, a mudança poderá ocorrer ainda neste ano. O importante, de acordo com a direção, é que as futuras instalações permitam que os departamentos funcionem de modo integrado e articulado, visando um convívio ainda mais direto entre os profissionais que compõe a emissora.

Não haverá mudança na equipe da rádio e a grade da Capital já passou por alterações recentes visando a disputa por audiência, conforme noticiado anteriormente pelo Tudo Rádio. A única mudança sentida pelos ouvintes referente à equipe da AM é a ausência de Paulo Barboza, devido à problemas de saúde apresentados pelo comunicador desde o início de maio. Segundo a assessoria da Capital existe a previsão de que Barboza volte ao microfone nos próximos dias.

Fonte: Tudo Radio

domingo, 20 de maio de 2012

Bradesco Esportes FM é lançada oficialmente em São Paulo



O Grupo Bandeirantes de Comunicação, juntamente com o Grupo Bel e o Banco Bradesco, lançou oficialmente na noite desta quinta-feira a Bradesco Esportes FM 94.1 de São Paulo. A estréia da rádio teve cerimônia na capital paulista, que contou com políticos, diretores das empresas envolvidas no projetos, além de profissionais dos veículos de comunicação que são controlados pelo Grupo Bandeirantes. O Tudo Rádio esteve no evento e fez a cobertura online por meio de sua página no Twitter. 

A cerimônia de inauguração foi comandada pelos jornalistas Sérgio Patrick (que é o diretor do projeto) e Renata Fan (apresentadora da TV Band). O evento, realizado no restaurante O Leopolldo Faria Lima, teve a presença do presidente do Grupo Bandeirantes João Carlos Saad, de diretores do Bradesco, do governador Geraldo Alckmin, do prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, do ministro dos Esportes Aldo Rebelo, além de profissionais do Grupo Bandeirantes, como Milton Neves, Luciano do Valle, Neto, Mauro Beting, Ricardo Capriotty, Paulo Galvão, Roberto Rampasio (Betinho), entre outros.

A emissora foi ao ar oficialmente às 20h05. A emissora transmitiu os pronunciamentos de João Carlos Saad, do governador Alckmin e do prefeito Gilberto Kassab, que ressaltaram a importância da parceria entre uma empresa privada e a emissora de rádio, que irá focar o esporte em geral. Segundo informações da direção, a rádio também terá um espaço dedicado à música, mas irá priorizar as informações esportivas de várias modalidades.

A equipe que vai integrar a Bradesco Esportes FM terá como narradores Hugo Botelho, Ivan Zimmerman e Fernando Camargo. Os comentaristas serão Alexandre Praetzel, Antonio Petrin Erich Beting e Fábio Piperno. Entre os apresentadores, estão Alex Müller, Celso Miranda, Marina Valsechi, Paulo Galvão, Renata Veneri, Ricardo Capriotty, Sérgio Patrick e Tatiana Ferraz. As reportagens serão de Gustavo Ribeirão e Vanderlei Lima e a produção terá Juliana Vaz, Murilo Borges e Ivan Bruno.

A equipe também será complementada por vários especialistas em diversas modalidades esportivas. Entre eles estão Álvaro José (jogos olímpicos), Carlos Gomes (futebol), Caio Carvalho (política esportiva), Cyntia Greiner (universo feminino), Erich Beting (marketing esportivo), Fábio Kadow (esportes e novas mídias), Fernando Portugal (rugby), Gilbert Stein (esporte europeu), Heverton Nascimento (motocross e rali), José Carlos Brunoro (gestão), José Roberto Guimarães (vôlei), Marcondes Brito (futebol), Milton Neves (histórias do futebol), Mizael Conrado (desporto paraolímpico), Patrick Winkler (natação), Román Laurito (lutas) e Salomão Schwartzman (crônicas do esporte).

A primeira transmissão esportiva da emissora foi a partida entre Velez Sarsfield e Santos pela Copa Libertadores da América. A transmissão da partida foi de Ivan Zimmerman e Fábio Piperno.

Fonte: Tudo Radio

Jornada do ônibus olímpico da Record começa na segunda-feira (21)

O ônibus olímpico da Record está pronto para partir. A largada será na segunda-feira (21), no Jornal da Record. O ônibus olímpico vai pegar a estrada para percorrer o país e contar as histórias dos nossos atletas e de pessoas que vão torcer para os nossos heróis em Londres.

Serão 13 mil quilômetros no total. No ônibus olímpico da Record você vai conhecer a trajetória de muitos atletas antes de se tornarem estrelas olímpicas. O primeiro grande evento será em Porto Alegre.

Veja todos os detalhes da viagem no vídeo abaixo:

RedeTV! define cenário de Gilberto Barros; atração desfalca "Programa do Gugu"


A RedeTV! já está com tudo pronto para começar a construir o cenário de Gilberto Barros, que terá um programa nas tardes de sábado da emissora. O cenário de Leão será em formato de arena e com condições para receber 350 pessoas na plateia. A RedeTV! cedeu o maior estúdio da casa ao apresentador.

Em tempo: 

A produção do novo programa de Gilberto Barros está sendo montada e já conta com profissionais vindos de outras emissoras. Além da diretora Katia Gardin, que veio da Band, a RedeTV! promoveu desfalques na produção do "Programa do Gugu" e de outros setores do entretenimento da Record.

Com informações da coluna Canal 1.

Justiça condena radialista por não repassar venda de espaços comerciais para emissora


No último dia 10 de maio, a 8ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu pela condenação do funcionário da rádio Atitude FM 106.3, emissora comunitária de Barretos (SP), por prática de apropriação indébita, informou o site Região Noroeste.

A denúncia contra o radialista afirma que este prestava serviços para a Atitude FM vendendo espaços comerciais a empresas que queriam divulgar o nome na emissora. No entanto, ele ficava com uma porcentagem de cada venda efetuada, repassando o valor restante à rádio.

No entanto, foi registrado um boletim de ocorrência que afirmava que, em certas ocasiões, o radialista não repassou o valor recebido com algumas vendas. Interrogado fora da Justiça, o acusado confirmou as denúncias contra ele, mas em juízo negou os fatos alegando que repassava os valores corretamente. Diante disso, a Vara Criminal de Barretos decidiu que a ação é procedente.

Com informações do Portal Imprensa e Aesp

Brasil se torna o segundo maior país com presença no Facebook


Logo do Facebook com as cores da bandeira 
do Brasil (Foto: Reprodução)

O Brasil finalmente ultrapassou a Índia em número de usuários no Facebook. Nos últimos meses a disputa pela segunda colocação no ranking de usuários ativos esteve acirrada. No primeiro lugar, ainda se encontram os Estados Unidos, onde a rede social foi criada, com quase 157 milhões de usuários.

De acordo com os dados, o Brasil tem hoje cerca de 46 milhões de usuários ativos contra 45 milhões da Índia. Somente nos últimos três meses, a rede social cresceu 22,24% aqui, enquanto no outro país o crescimento foi de apenas 5%. Esses dados foram coletados pelo site Socialbakers, que previu este crescimento em março. Na época, o ranking mostrava o Brasil em quarto lugar, Indonésia em terceiro e Índia em segundo. Segundo o comunicado do site, "Brasil e Índia têm brigado pela segunda posição há um bom tempo, mas o Brasil finalmente superou seu rival."



Este salto para a segunda colocação no ranking mostra que o Facebook se tornou a rede social favorita do brasileiro, que tinha o Orkut desde 2004 na primeira colocação. Um dos motivos do crescimento pode ser a popularização da Internet móvel pré-paga e a queda no preço dos computadores.

Facebook IPO

Com o sucesso, o Facebook iniciará a oferecer suas ações para investidores. Essa iniciativa é esperada com uma certa ansiedade pelo mercado financeiro e pelo mundo da tecnologia como um todo, principalmente depois da compra do Instagram por parte da rede social de Mark Zuckerberg .

De acordo com fontes anônimas do jornal, a ideia é que o Facebook apresente suas ações no mercado na próxima segunda-feira (07/05), criando assim uma janela de negociações que vai durar pelo menos dez dias. No dia 18 de maio, as primeiras ofertas públicas por essas ações serão feitas, e então saberemos quais são as empresas e empresários que investirão na rede social. Confira nosso infográfico.

Fonte: Techtudo.Via Socialbakers

Criança gera gafe ao vivo no "Sábado Animado", do SBT


Uma situação um tanto quanto constrangedora foi ao ar na manhã deste sábado (19) no programa "Sábado Animado", do SBT. A apresentadora Priscilla Alcântara convidou um garoto da platéia para participar de uma brincadeira da atração

 A gafe aconteceu quanto Priscilla perguntou ao menino se ele estava curtindo o programa e ele respondeu que não. Sem reação com a resposta surpreendente do garoto, Priscila riu da situação e prosseguiu com o programa.

 Pouco depois, ela perguntou novamente e o menino acabou dizendo que estava gostando sim. Ontem, o "Sábado Animado" foi especial com o elenco da novela "Carrossel".

Fonte: Na Telinha

Audiência RS: Rádio Gaúcha cresce e encosta na Cidade FM


Divulgado mais um resultado geral da audiência FM de Porto Alegre, medição realizada pelo Instituto Ibope. Novamente a redação irá confrontar os dados atuais com os anteriores com a finalidade de definir os desempenhos das FMs na participação do mercado de rádio na capital gaúcha e região metropolitana. O resultado atual é referente ao trimestre de fevereiro a abril e o passado é de janeiro a março (todos os dias, 05h-00h).

Um dos principais destaques da medição ficou por conta de uma das estações controladas pelo Grupo RBS. A Rádio Gaúcha FM 93.7 segue na quarta colocação geral, porém com uma novidade importante: a emissora cresceu de forma considerável na pesquisa e passa a estar muito próxima da Cidade FM 92.1, emissora popular que também é do Grupo RBS e ocupa a terceira posição geral de audiência. No atual resultado a Gaúcha passa a estar mais próxima da Cidade do que das FMs do segmento jovem/pop da pesquisa, rádios que disputavam posições no ranking geral com a 93.7 FM. Trata-se de mais um crescimento obtido pela Gaúcha no mercado de rádio FM. 

A 104 FM 104.1 segue isolada na liderança geral, mantendo com certa facilidade essa posição de destaque em Porto Alegre e região metropolitana. A emissora que é controlada pela Rede Pampa praticamente não teve alterações significativas em seus números na comparação com o resultado passado. Em segundo geral está a Eldorado FM 96.7, rádio popular que também é controlada pela Rede Pampa e que conquistou a atual posição na medição divulgada no mês passado. Na pesquisa divulgada em maio a Eldorado teve uma ligeira melhora na participação de mercado, sendo seguida de perto da Cidade FM 92.1, antiga dona da vice-liderança.

Entre as jovens a Atlântida FM 94.3 reagiu e manteve a liderança no segmento após um pareamento de seus números com o índice registrado pela concorrente Jovem Pan 2 FM 97.5 no período passado. As duas rádios seguem próximas na medição, porém com vantagem para a 94.3 FM, que é controlada pelo Grupo RBS. A Atlântida e a Jovem Pan 2 seguem isoladas nessa faixa da pesquisa e continuam como dois dos canais mais ouvidos de Porto Alegre. A sequência o ranking destaca a líder do segmento adulto-contemporâneo Continental FM 98.3, seguida pela popular Liberdade FM 95.9 e a adulta Antena 1 FM 89.3 na medição geral.

Também foi observada uma nova evolução nos números da Itapema FM 102.3, rádio que passa a estar mais próxima da Antena 1 no ranking geral. Em resumo as dez primeiras colocações (ranking que conta com 21 rádios) ficaram organizadas da seguinte forma: 104 FM 104.1, Eldorado FM 96.7, Cidade FM 92.1, Gaúcha FM 93.7, Atlântida FM 94.3, Jovem Pan 2 FM 97.5, Continental FM 98.3, Liberdade FM 95.9, Antena 1 FM 89.3 e Alegria FM 92.9.

Fonte: Tudo Radio

Record amarga terceiro lugar no horário nobre de sexta-feira


Mais uma vez, a Record amargou a terceira colocação de audiência na média da noite (entre 18h e 00h) da última sexta-feira (18). Na ocasião, a emissora da Barra Funda registrou 6,3 pontos, contra 6,7 do SBT e 26,4 da Globo.  No mesmo período, a Band marcou 3,8 pontos e ficou em quarto lugar.

 No horário nobre, a Record vem sofrendo com a baixa audiência de suas novelas, "Rebelde" e "Máscaras". Os dados são prévios do Ibope na Grande São Paulo e são sujeitos a alteração no consolidado.

Fonte: Na Telinha

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Curiosidade: Rede Verão “segue” através de FM da Grande Campinas


A extinta “Rede Verão” ou “Oi FM” segue com o seu perfil artístico presente no dial FM no Brasil. A emissora não possui mais operação nas praças que compunham a sua rede nacional, porém uma das estações remanescentes do projeto está veiculando uma grade de programação artística que se assemelha com o perfil que era característico do projeto Oi FM (posteriormente chamado de Rede Verão). Trata-se da Planalto FM 94.1 da região metropolitana de Campinas, emissora que segue sem definições de grade e projeto para ser veiculado através de seu canal após o fim da rede controlada pelo Grupo Bel. A emissora executa o nome fantasia de 94 FM.

A curiosidade relacionada à programação da FM foi levantada pelo site Radiocamp.org, que destaca a semelhança entre a grade musical executada pela Planalto FM e o perfil característico da extinta Rede Oi FM. A 94.1 FM de Vinhedo (emissora que possuí uma sintonia local em Campinas, Jundiaí, Valinhos, entre outras cidades da região) executa uma programação musical intercalada de vinhetas que identificam a estação, sem inserções comerciais ou outro tipo de anuncio sobre a FM. A Planalto FM também não possui locução local e utiliza o sistema de RDS de forma integrada à atual grade da emissora.

Também segundo o Radiocamp.org a 94.1 FM tem executado diariamente um noticiário de curta duração chamado “Primeira Página”, produção da Agência Rádio Web que é transmitida pela FM de Vinhedo principalmente entre os horários das 8h00 às 10h00 e também por volta do meio-dia (horários locais). A programação musical é uma mescla entre MPB, Pop e Rock (internacionais e nacionais), característicos da grade da extinta Oi FM / Rede Verão. O site também destaca a qualidade de sinal e áudio da FM, tendo boa cobertura em Campinas mesmo com a presença da Deus é Amor FM 93.9 (torre em Mogi Mirim).

A 94.1 FM de Vinhedo operou como Oi FM de Campinas entre janeiro de 2009 e dezembro de 2011. Em janeiro desse ano a rádio iniciou os trabalhos como Rede Verão, nome provisório dado à antiga Oi FM após o fim da parceria entre o Grupo Bel (operador da rede) e a Oi (empresa no ramo de telefonia e detentora da marca). Após o fim da Rede Verão para a criação do projeto Rede Esportes FM (com lançamento da Bradesco Esportes FM 94.1 de São Paulo na data de hoje, 17 de maio), Campinas deixou a rede do Grupo Bel e segue com seu futuro indefinido.

Fonte: Tudo Radio

"Estação Teen" comemora um mês com traço de audiência


O "Estação Teen", game-show comandado por Dudu Surita, completou nesta última quarta-feira (16) um mês no ar com poucos motivos para comemoração.

A atração, que veio para substituir o "Tema Quente", de Kennedy Alencar, dificilmente ultrapassa a casa do 1 ponto na Grande São Paulo, que é a principal praça do Ibope.

Nesta quarta-feira, por exemplo, o programa deu traço de audiência e fechou com média de apenas 0,3 ponto. O desempenho, convertido em número de domicílios sintonizados, resulta em apenas 20 mil televisores ligados. Para efeitos de comparação, uma novela das seis, que é concorrente direta do game-show, costuma ter 1,2 milhão de televisores ligados em seus dias de menor audiência.

Apesar de baixos, os números do "Estação Teen" não chegam a atrapalhar a RedeTV! como um todo. Várias outras atrações da casa também tiveram baixos índices e sequer chegaram a barreira de 1 ponto.

A edição noturna do "RedeTV! Esporte", por exemplo, marcou apenas 0,4 ponto. O "RedeTV! News" fechou com 0,9 e o "Manhã Maior" registrou 0,5.

A maior audiência da casa foi o polêmico "Superpop", com 2,2, seguido pelo tradicional "TV Fama", com 1,5, e pelo "A Tarde é Sua", com 1,3.

Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo.

Fonte: Na Telinha

A Transamérica FM 100.1 de São Paulo anunciou ontem, 16 de maio, por meio de sua assessoria a estréia de uma nova campanha para divulgação da programação da rádio. A peça mostra dois dos programas considerados pela rádio como os mais importantes da emissora, o Programa 2 em 1 e o Transalouca 4.0. O material contempla ampla veiculação na mídia impressa, em títulos de grande circulação. A marca da rádio deverá estar em evidência em diferentes veículos, promovendo esses programas interativos veiculados pela rede jovem.

O programa “Dois em Um”, da Rádio Transamérica, é um debate apresentado por Gislaine Martins e Ricardo Sam. Estão na pauta do programa assuntos sobre sexo, saúde, relacionamento e comportamento em geral com doses de humor. Vai ao ar de segunda a sexta feira, das 8h às 10h, em rede nacional para as principais capitais brasileiras como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador, Recife e Curitiba, além das recém-inauguradas afiliadas de rede em Manaus e Macapá, dois importantes centros da Região Norte do país.

O Transalouca 4.0, veiculado diariamente na hora do almoço, também apresentado em rede nacional tem a participação de Rodrigo Pizcioneri, Gavião, Fuzil e Angélica Morango e vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 13 às 14 horas. No passado o programa chegou a ter duas horas de duração e recentemente foi adaptado para 1 hora de duração. A atração também herda o nome de uma das maiores audiências já obtidas pela Transamérica durante a década de 90: “Transalouca” já teve quatro versões diferentes nesses mais de 20 anos de trajetória.

O anúncio será veiculado em jornais de Propaganda & Marketing como Propmark, e em importantes publicações como as revistas Caras, Rolling Stone, Quatro Rodas, Placar, Nova e Capricho, entre outras.

Fonte: Tudo Radio

terça-feira, 15 de maio de 2012

"Fala Brasil" vence a Globo e bate recorde de audiência de 2012



A edição da última segunda-feira (14) do "Fala Brasil" registrou altos índices de audiência à Record.

O jornal apresentado por Carla Cecato e Roberta Piza conquistou média de 9,5 pontos. O desempenho é o mais alto de todo o ano de 2012 e um dos mais altos desde a estreia do jornal, nos anos 90.

Com este desempenho, o "Fala Brasil" venceu a Globo e se isolou na liderança no Ibope. A Globo teve 7 pontos nesta mesma faixa. Já o SBT ficou em terceiro, com 4,5 pontos.

Esses índices são prévios e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo. Dados consolidados podem mudar para mais ou para menos.

Fonte: Na Telinha

Clube FM completa 80 meses na liderança no Recife e cria ações relacionadas à marca


A Clube FM 99.1 do Recife está completando agora em maio 80 meses em primeiro lugar no ranking geral de audiência que é medida pelo Instituto Ibope. A emissora assumiu a liderança em 2005, durante a fase de mudança no nome da rádio (de Caetés FM para Clube FM) e desde então se manteve como a rádio mais ouvida no Recife e região metropolitana segundo as pesquisas de audiência. Para marcar o número alcançado a rádio anuncia ao mercado a realização de várias ações promocionais, além de novos materiais artísticos que serão inseridos na grade da FM. 

Durante o mês de maio a Clube FM já realizou algumas ações importantes no mercado do Recife, como planejamento para comemorar essa marca de audiência. Recentemente o cantor Luan Santana realizou um show exclusivo para 250 ouvintes, simultaneamente em uma casa de shows, a banda Saia Rodada também realizou um show exclusivo para outros 250 ouvinte. Nas finais do campeonato pernambucano, a Clube realizou o "Bolão Clube" sorteando TV's LCD 32' e camisas oficiais do time campeão.

Destaque também para a ação em que o ouvinte está concorrendo a uma camionete Dodge RAM 0km preenchendo o cupom através do site, nas Blitz da Clube ou por carta e a Promoção Sucesso Bom Demais Asa de Aguia, onde ouvintes participantes ganharão R$10 mil reais em dinheiro vivo, "Clube da Hora" onde o ouvinte cadastrado concorre a prêmios atendendo o telefone e respondendo com a seguinte frase: “Eu só ouço a Clube o dia todo, todo dia”. A rádio também fechou parcerias de exclusividade em diversos eventos com sorteios de convites durante todo o dia.

Foi lançado recentemente o novo vídeo Clipe da rádio com participação de Paula Fernandes, Zeze e Luciano, Fernando e Sorocaba, Luan Santana, Péricles, Thiaguinho, Gustavo Lima, Bruno e Marrone, Victor e Léo além do Grupo Sorriso Maroto, que também será a próxima atração da Promoção Encontro Marcado em julho. Para as novas ações a Clube FM anuncia o lançamento da promoção GPS Clube, onde o ouvinte irá anotar uma sequência de bairros visitados pela Clube e também o programa Clube Cidade, tratando de temas sociais e urbanos da capital pernambucana. O quadro "Vai dar Namoro" também está entre as novidades e tem a missão de reunir casais durante a programação.

Para divulgar os 80 meses, estão sendo produzidos spot's com participação de vários artistas nacionais e também com a participação dos ouvintes Clube, relatando sua preferência pela rádio.

Fonte: Tudo Rádio

Ex-colegas de faculdade, Jean Wyllys alfineta apresentador baiano na TV

O clima esquentou entre o Deputado Federal Jean Wyllys e o apresentador baiano do Brasil Urgente, Uziel Bueno. Tudo começou quando o parlamentar - que também é ex-BBB - foi o convidado do programa Entrevista Coletiva, na Band, na noite do último domingo (13).

Em meio ao bate papo, o jornalista perguntou ao deputado se se ele seria a favor da descriminalização da maconha. Mas o questionamento não parou aí. Antes de finalizar a pergunta, Uziel acrescentou: "você já fumou maconha?”. Jean Wyllys respondeu e aproveitou o momento para alfinetar o apresentador, que por coincidência havia sido seu colega na Faculdade de Comunicação Social da Universidade Federal da Bahia (Facom-Ufba). “Uziel, antes de se transformar nesse apresentador moralista de programa vespertino, era bastante progressivo na universidade. Me espanta que ele tenha virado isso”, disse o baiano, antes de completar que é a favor da descriminalização da droga.

"Já fumei maconha na minha época de faculdade, sim", admitiu Jean, ao questionamento do colega. Ao finalizar as perguntas de Uziel Bueno, o deputado fez questão de acrescentar um comentário e cutucar o apresentador: “Eu acho que ele também já experimentou, sim. Talvez ele não diga, porque como ele se converteu no paladino da moral e dos bons costumes, ele não diga isso em público”.



Fonte: Ibahia

Rosana Jatobá na Rádio Globo


Rosana Jatobá (foto) estreia nesta terça-feira (15), às 13h, o quadro 'Tempo bom, mundo melhor', em rede pela Rádio Globo . Ela dará dicas e sugestões sobre sustentabilidade e qualidade de vida, com "coisas simples" para praticar no dia a dia. O boletim irá ao ar diariamente após a edição do 'Globo no ar'.

A jornalista pretende mudar o cotidiano das pessoas com dicas relacionadas à preservação do meio ambiente. “Nosso desafio é traduzir o que significa sustentabilidade, para poupar dinheiro e ajudar na preservação ambiental”, contou em entrevista ao ‘Boa tarde Globo’ programa apresentado por Alexandre Ferreira e transmitido pela Rádio Globo.

Rosana estava fora da mídia desde o início de março, quando deixou o posto de “garota do tempo" do 'Jornal Nacional'. Alguns sites chegaram a noticiar que ela estaria em negociação com o SBT e a Rede Record, mas, até o momento, não fechou com nenhuma das emissoras de TV.


FONTE: Comunique-se

Sem divulgação, Record reestreia "SP Record"


A Record mais uma vez pegou seus telespectadores de surpresa com as constantes alterações em sua grade de programação.

Na noite desta segunda-feira (14), a mudança ficou por conta do relançamento inesperado do "SP Record". O jornal estava extinto desde outubro, quando deixou a grade sob a justificativa de "férias" e com promessa de retorno para após o término dos Jogos Pan Americanos de Guadalajara - os quais foram encerrados há aproximadamente sete meses.

O "SP Record" foi ao ar na faixa das 20h e antecipou a exibição de "Rebelde", que voltou a ter o mesmo horário tanto para São Paulo como para as outras praças. Com a ausência de um jornal local, a novela de Margareth Boury seguia até as 20h30 na capital paulista mas se encerrava por volta das 20h no resto do Brasil.

Não houve mudanças no formato do "SP Record" se comparado ao que era veiculado até o fim do ano passado. Notícias policiais predominaram o jornalístico, que também teve seu logotipo e cenário mantidos.

Reinaldo Gottino, âncora do "SP Record", comemorou a volta do jornal. Em seu Twitter, o jornalista publicou: "Feliz em ser lembrado pela direção da Record para ocupar parte da programação de uma das maiores emissoras do pais".

O "SP Record" irá ao ar de segunda a sexta, às 19h55.

Fonte: Na Telinha

Jornalismo online cresce 29% no Brasil


A audiência do jornalismo online cresceu 29% no Brasil no ano passado, em comparação com 2010. A região que mais colaborou com esse número foi o Nordeste, onde os portais tiveram 50% a mais de acessos. Centro-Oeste (38%), Norte (33%), Sudeste (30%) também ficaram acima da média nacional, enquanto o Sul, teve crescimento de 21%, informou a pesquisa do Instituto Verificador de Circulação (IVC).

Ainda segundo o IVC, os acessos de sites de notícias brasileiros através de celulares, smartphones ou tablets foi de 400%, impulsionados principalmente pelo crescimento de acesso nos tablets, que foi de 563%. 

Fonte: Jornal da Mídia Com informações da Coluna de Cláudio Humberto

Edir Macedo proíbe música gospel no “Ídolos Kids”


O bispo Edir Macedo proibiu que no novo  reality da emissora as crianças que estão se inscrevendo para o “Ídolos Kids” cantem músicas religiosas, ou com estilo mais para o gospel.

De acordo com a coluna Zapping a emissora disse que ainda não sabe o que as crianças cantarão, pois o programa ainda está na fase de inscrição. “Ídolos Kids” será apresentado por Cássio Reis e tem estreia prevista para agosto.

Vale sempre lembrar que a Record é ligada à Igreja Universal do Reino de Deus.

Fonte: RD1 Audiência 

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Globo perde audiência dominical


O domingo está ficando difícil para a Globo. Dona da maior audiência do país, a emissora tem perdido telespectadores neste dia, de acordo com a Folha de S.Paulo.

No período matutino, escreve Alberto Pereira Jr., o "Esporte Espetacular", programa tradicional na grade, perdeu 40% da audiência em São Paulo em 10 anos. Em 2001, a atração tinha média de 13 pontos no Ibope; neste ano, até 6 de maio, esse índice caiu para 7,8 pontos.

A Record, por outro lado, cresceu 159% no mesmo período, indo de 2,7 pontos para os atuais 7. Na Grande São Paulo cada ponto equivale a 60 mil domicílios.

Outro programa dominical vai perdendo espaço, mas entre jovens e mulheres, o "Fantástico". Keila Jiminez diz que a equipe "tomou um susto" quando percebeu que a média caiu dos comuns 20 pontos para 18 em abril.

Segundo a colunista, 52% do público do Fantástico são compostos por mulheres, e outros 15% são jovens entre 12 e 24 anos. A fuga dessas pessoas pode estar relacionada à estréia do "Pânico na Band".

Fonte: Adnews

Telecine, da Globosat ganha audiência após dublagem de filmes


Não é novidade que os canais pagos descobriram o potencial que a programação dublada pode trazer. O aumento da quantidade de produções com o áudio em português na maioria dos canais da TV por assinatura é uma estratégia para atrair boa parte da audiência que começou a ter acesso aos serviços de TV paga e que sempre foi habituada a consumir uma programação televisiva em seu idioma original. 

A rede Telecine, da Globosat, que já havia aberto espaço para a dublagem já alguns anos quanto criou o canal Telecine Pipoca (100% em português) comera a adoção da tradução em outro canal. Segundo um informativo divulgado pela rede da Globosat, o Telecine Action, que exibe filmes de ação e aventura, que há seis meses passou a exibir filmes dublados, aumentou sua audiência em 47%, subindo três posições no ranking do Ibope no horário nobre. Segundo o canal, que usou dados do Ibope Media Workstation, a sua audiência aumentou em 61% dentro do público pertencente à classe C e 37% entre o público das classes A e B.

Fonte: Meio e Mensagem

Link agora no rádio


Segunda-feira é dia de Link também na rádio Estadão ESPN. O editor do caderno, Alexandre Matias, que já participa de segunda a sexta-feira da primeira edição do programa Estadão no Ar, sempre às 9h30, agora pilota um quadro dentro do programa Direto da Redação, que começa às 14h30. A versão radiofônica do caderno de tecnologia e cultura digital do jornal aprofundará alguns temas abordados tanto na edição impressa quanto na versão online.

“A idéia é ‘descompactar’ e ir mais a fundo nas notícias que já apresento nos boletins diários”, explica Matias. “Na parte da manhã, são cinco minutos para comentar as notícias do mundo digital, que não são poucas. Se por um lado isso torna a discussão sobre essas notícias mais ágil, por outro elas poderiam ser mais dissecadas e discutidas.”

O programa também trará entrevistas e análises, além de abrir espaço para ouvintes tirarem dúvidas sobre o universo digital, tanto em relação às notícias quanto ao uso de aparelhos, serviços online e redes sociais.

O programa pode ser ouvido no rádio (92,9 FM) e no site da estação.

Fonte: Estadão

Vídeo: José Carlos Araújo passa o microfone para Luiz Penido. Veja:

Audiência do Rádio AM na cidade de São Paulo


Dados obtidos através do cruzamento de informações das agências de publicidade e emissoras de Rádio.
Ranking geral, Trimestre: Fevereiro, Março e Abril (2012).De segunda a sexta-feira, das 6h às 19h.

Confira abaixo o ranking das emissoras AM mais ouvidas em São Paulo:

 
EMISSORAS AM
%
Ouvintes por minuto
01) RÁDIO GLOBO
0,80
135.678,22
02) RÁDIO CAPITAL
0,55
92.424,03
03) RÁDIO BANDEIRANTES
0,28
47.696,22
04) JOVEM PAN AM
0,16
27.332,94
05) IGUATEMI
0,11
19.500,34
06) RÁDIO 9 DE JULHO
0,10
16.369,05
07) RÁDIO RECORD
0,09
14.972,62
08) CBN
0,08
13.732,32
09) SUPER RÁDIO TUPI
0,06
10.009,87
10) IMACULADA CONCEIÇÃO
0,05
8.146,60
11) RÁDIO MORADA DO SOL
0,05
7.866,43
12) RÁDIO TERRA AM
0,04
7.438,84
13) NACIONAL GOSPEL
0,04
6.135,85
14) REDE BOA NOVA DE RÁDIO
0,03
4.972,26
15) RÁDIO SÃO PAULO
0,02
4.205,91
16) RÁDIO ESTADÃO ESPN
0,02

17) RÁDIO MUNDIAL 660 AM
0,02

18) AMÉRICA AM
0,02

19) RÁDIO ABC 1570 AM
0,01

20) RÁDIO TRIANON AM 740
0,01

21) RÁDIO CULTURA BRASIL
0,01

22) METROPOLITANA AM
0,01

23) REDE BOA VONTADE DE RÁDIO
0,01

24) GAZETA AM 890
0,01

25) IGUATEMI MOGI AM
0,01

26) UNIVERSO AM
0,00

27) NOVA DIFUSORA AM
0,00


Fonte: Bastidores do Rádio